Mundo das Orações: Prece às 7 Linhas
“Quem não conhece o poder da oração, é porque não viveu as amarguras da vida!” (José María Eça de Queiróz)

Prece às 7 Linhas

Querido pai, querido mestre, nosso senhor, venho a ti de joelhos pedir a proteção vossa, meu pai Zambi, que nos mande as suas legiões de falangeiros da luz, que as sete linhas sagradas da Umbanda possam nos fortalecer para que enfrentemos nossas batalhas diárias.
  Ó querido e amado mestre Oxalá, senhor do princípio e do fim, senhor de tudo e de todos, peço a vossa licença para invocar as vossas falanges.
Minha amada e idolatrada mãe Iemanjá, vós que sois as mães das mães, imploro a vossa paz e peço que cubra-me com seu sagrado manto, que em vossa paz encontre o equilíbrio perfeito para tomar as minhas atitudes dia após dia

  Ó querida senhora, suplico a vós que mande suas energias vindas do mar, para me encaminhar para a fonte do bem e do saber. Peço a interseção de Ogum, senhor dos caminhos, para que com sua espada espante todo mal encarnado e desencarnado que possa me atingir, que vosso escudo, ó meu querido sentinela, possa me guardar, que sua lança cintilante vá na minha frente, para que minhas desavenças saibam que vós estais comigo o tempo todo.
Peço a vós, meu pai Xangô, senhor da justiça e do fogo, que vigie meus passos para que não ande em caminhos errados, me direcione para o caminho do bem e da justiça.

 
Ó querido guerreiro das matas, meu protetor Oxossi, vós que sois o senhor das matas, guarde-me com as suas flechas formando um cerco em volta do meu corpo, coibindo qualquer pensamento negativo direcionado a mim como flecha, que esse não possa abalar meu coração.
Peço ao senhor das forças telúricas, meu Pai Obaluaê, senhor dos enfermos, que derrame sobre mim as suas graças, que a força do vosso cruzeiro possa dar vários badalos no coração naqueles que me querem mal, que as santas almas benditas possam derramar sobre mim os vossos eflúvios para que, crendo em vós, não temerei mal algum.

  Suplico às correntes sagradas de São Cosme e São Damião, junto com a corrente médica do oriente e do doutor Bezerra de Menezes e doutor Fritz, possam derramar seus bálsamos curadores, que os mesmos curem meu corpo físico, astral e mental, que as queridas crianças possam elevar meu pensamento e harmonizar o meu coração.
Também peço a segurança, força e a coragem dos Exus e Pombos-Giras, que vós possam nos guardar contra as demandas.
 
Pela força pungente dos Caboclos das matas, da alegria dos Baianos, da sabedoria e humildade dos Pretos Velhos.
Assim seja!


Receba as orações no seu email!